E AÍ, DOUTOR? – COMO AUMENTAR A TESTOSTERONA NATURALMENTE?


Como aumentar naturalmente a testosterona? A Testosterona é importante para a saúde de homens e mulheres. Idade e fatores ambientais, como a exposição a medicamentos da classe das estatinas e do herbicida Glifosato, provocam uma diminuição da produção hormonal de testosterona. Um baixo nível de testosterona em homens está associada com aumento da próstata, alopecia [...]
maio 24
1 0

Como aumentar naturalmente a testosterona?

A Testosterona é importante para a saúde de homens e mulheres. Idade e fatores ambientais, como a exposição a medicamentos da classe das estatinas e do herbicida Glifosato, provocam uma diminuição da produção hormonal de testosterona.

Um baixo nível de testosterona em homens está associada com aumento da próstata, alopecia androgenética (queda de cabelo) e certos tipos de câncer. As mulheres naturalmente têm níveis mais baixos de testosterona ao longo de suas vidas; seus corpos são mais sensíveis ao hormônio, e sua saúde depende do equilíbrio entre estrogênio, progesterona e testosterona. A testosterona tem um papel-chave na produção natural de estrogênios, ajuda a manter a massa muscular e óssea e contribui para a libido.

Existem métodos naturais para aumentar os níveis de testosterona e melhorar sua saúde geral sem provocar um desequilíbrio no delicado sistema hormonal do seu corpo.

O que é necessário para produzir testosterona?

Para produzir testosterona, o seu corpo necessita de vários nutrientes diferentes. Entre os nutrientes esgotados mais frequentemente são a vitamina D3 e zinco.

O zinco é um mineral essencial que está naturalmente presente em alguns alimentos. Deficiências pode resultar numa ampla variedade de sintomas porque o zinco está envolvido num certo número de processos corporais significativas. A vitamina D pode ser fabricado por seu corpo quando a pele é exposta ao sol. No entanto, muitas pessoas são deficientes em vitamina D por causa do número de horas passadas dentro de casa e a quantidade de protetor solar usado.

O estresse crônico é um assassino natural de testosterona. O cortisol (hormônio do estresse) reduz os efeitos da testosterona em seu corpo.

Sete alimentos que naturalmente aumentam seus níveis de testosterona

Embora haja várias maneiras de aumentar o seu nível de testosterona, a produção hormonal é dependente da presença de nutrientes específicos. Estes alimentos devem estar presentes em sua dieta:

1. Romã – Com altos níveis de antioxidantes, ferro, vitaminas A, C, E, estudos mostraram que consumir um copo de suco de romã por dia pode aumentar os níveis de testosterona entre 16-30%, melhorar o humor, aumentar a libido, regular a pressão arterial.

2. Azeite – O consumo diário de Azeite extra-virgem um aumento nos níveis de testosterona entre 17-19% ao longo de um período de três semanas.

3. Ostras – São ricas em zinco, o que gera um impulso na produção de testosterona, libido e na contagem de esperma. Outros alimentos ricos em zinco: sardinhas, anchovas, castanha de caju, salmão e sementes de abóbora (01 colher de sopa por dia).

4. Côco – Seu corpo necessita de gorduras saturadas saudáveis para produzir a maioria dos hormônios, e o côco vai ajudar o organismo a produzir colesterol, necessário para uma boa saúde, reduzir a gordura corporal e manter o peso.

5. Vegetais Crucíferos – Brócolis e couve-flor ajudam o corpo de um homem a excretar o excesso de estrogênio e aumentar a quantidade de testosterona disponível para as células. O Indol-3-carbinol, que é um composto encontrado em vegetais crucíferos, pode aumentar a excreção de estradiol (um hormônio feminino) em alguns homens em até 50 por cento, aumentando assim a quantidade de testosterona disponível.

6. Whey Protein –  Na pesquisa da Finlândia, os cientistas deram aos participantes 15 gramas de soro isolado, tanto antes como após exercícios de resistência. Biópsia do músculo mostrou um aumento na produção de testosterona de até 25 por cento, a qual foi mantida durante 48 horas. Uma dieta livre de carne pode diminuir sua produção de testosterona em até 14 por cento, mas isso não significa que você deve comer quantidades excessivas de proteína animal. Ingestão de proteína excessiva pode contribuir para o desenvolvimento de doenças crônicas como câncer e até mesmo acelerar o envelhecimento. O ideal é consumir 01 grama de proteína para cada quilo de massa corporal magra.

7. Alho – Contém Alicina, um composto que reduz os níveis de cortisol (hormônio do estresse), o que torna seu corpo mais eficaz em usar a testosterona que é produzida.

Cinco Estratégias para impulsionar naturalmente a Testosterona

1. Perda de peso –  Eliminar os “quilinhos” extras pode, naturalmente, aumentar seus níveis de testosterona. Em um estudo publicado na Revista Médica “Endocrine”, os pesquisadores descobriram que a perda de peso reduziu a prevalência de baixos níveis de testosterona em homens com excesso de peso, de meia-idade com pré-diabetes em pelo menos 50%.

2. Exercício – Alguns estudos têm demonstrado que os níveis de testosterona são elevados por até 15 minutos após o exercício e de outros estudos demonstraram este aumento por até uma hora. Contudo, o exercício de alta intensidade (HIIT) combinado com jejum intermitente tem o maior potencial para aumentar a ambos os níveis de hormônio do crescimento e testosterona humanos durante longos períodos de tempo.

3. Otimizar as taxas de Zinco e Vitamina D – Estes são os precursores de nutrientes necessários para a produção de testosterona. A faixa óptima de vitamina D para a saúde geral está entre 50 e 70 ng/ml.

4. Reduzir os níveis de estresse – Quando seu corpo está estressado, as glândulas adrenais secretam cortisol. Em uma situação de luta ou fuga, isso pode salvar sua vida. No entanto, sob condições crónicas cortisol pode reduzir a eficácia da testosterona seu corpo produz.

5. Reduzir o consumo de açúcar e hidratos de carbono – O ato de comer transitoriamente reduz a testosterona, mas o consumo de açúcar e carboidratos fazem o maior dano pois levam a picos de glicose no sangue e aumentam os níveis de insulina, o que reduz os níveis sanguíneos de testosterona por um período muito mais extenso.

Como podemos ver, Deus nos criou com todas as condições para vivermos uma vida abundante!

Dr. Aldrin Marshall

Ainda tem dúvidas? Clique aqui e faça sua pergunta!